Assim como a briga pelos Smartphones é acirrada a batalha entre fabricantes de processadores não é diferente.

Publicidade

A Intel, um dos maiores fabricantes de processadores para Desktops, Servidores e Laptops acaba de avisar que jogou a toalha. O Fabricante que estreou com um modelo de aparelho da Motorola/Lenovo antes dela ser comprada pelo o Google e depois revendida para a Lenovo, tentou de algumas formas se firmar no setor, mas os números atuais fizeram com que a Intel deixa-se sem muitos alardes o mercado de Smartphones.

Tal decisão também cortou 12.000 postos de trabalho. A empresa quer voltar a ter lucros e por isso fará uma reestruturação  para ser mais competitiva. A linha Atom será extinta para Smartphones, mantendo somente as linhas de tablets. Os Atom x5 e x7 continuarão na linha de produção, mas ainda sem informações de um modelo sucessor para a plataforma Cherry Trail. A Intel informou que irá se empenhar na produção de chips e modens para atender o padrão 5G. Quem comemora a decisão da saída da Intel são as gigantes MediaTek e Qualcomm, lideres em produção de chips para Smartphones.

intel 010516 1

Via PPL Ware