Spotify surpreendeu a todos ao anunciar que irá produzir séries no modelo do Netflix
Spotify surpreendeu a todos ao anunciar que irá produzir séries no modelo do Netflix

A briga vai ser bastante acirrada agora que o Spotify surpreendeu a todos ao anunciar que irá produzir séries no modelo do Netflix. Foi anunciado para lançamento um total de 12 novos programas de TV por streaming a serem lançados até o final de 2016. Este setor atualmente é dominado pelo Netflix e recentemente teve a inclusão do YouTube Red e Amazon Prime Video.

O diretor Tom Calderone confirmou que as produções deverão ser focadas em performances musicais e culturais além de séries de TV que aprofundarão em diversos temas da cultura como já são exploradas pelo Netflix. O desejo do Spotify é de oferecer vídeos com cerca de 15 minutos de duração por episódio. A novidade deverá chegar primeiro para as plataformas móveis como Android, iOS, Windows Phone, Blackberry e Windows.

As 12 séries já confirmadas são:

Rush Hour – Dois artistas de hip-hop são apanhados em uma van durante o a hora do rush em Los Angeles. Enquanto se dirigem para um local desconhecido eles devem criar mashups de uma das suas músicas mais conhecidas. Depois disso, eles chegam ao centro de Los Angeles no estacionamento da nova empresa de Russell Simmons All-Def Digital, onde selam uma nova colaboração perante uma multidão de fãs enlouquecidos.

Landmark – Composto por entrevistas exclusivas, imagens de arquivo e arquivos multimídia exclusivos, cada episódio de marco traz à vida a história de um momento ou movimento importante da história da música. Cada episódio é acompanhado por um podcast com análises profundas de algumas músicas.

Drawn & Recorded – Com narração do ganhador do Oscar T-Bone Burnett e animação impressionante de Drew Christie, cada episódio conta uma história notável da história da música. As histórias vão desde introspectivas a quadrinhos, e apresentam artistas de todo o espectro musical.

Life in Short – É uma série de antologia celebrando alguns dos artistas mais enigmáticas da música. Cada temporada de 24 episódios cobre um único artista e cada episódio de menos de dois minutos utiliza um dispositivo narrativo diferente (animação, documentário, show de tributo) para destacar um aspecto chave da vida do artista.

Drawn & Recorded – Duas celebridades trocam suas playlists do Spotify por um dia, no processo de descobrir novas músicas, aprendendo um pouco sobre o outro, e destacando que todas as formas de música estão ligadas à identidade e à cultura.

Singles – Gravado no novo estúdio de música do Spotify em Nova Iorque, esta série mostra como artistas gravam algumas de suas músicas mais conhecidas. A série terá um clima super intimista, com aparência consistente, mas com elementos visuais alinhados às sensibilidades de cada artista.

Rhymes & Misdemeanors – Em cada episódio desta série de crimes verdadeiros, traçaremos o perfil de um crime notório do mundo da música. Do canibalismo do rapper Big Lurch até a trama de assassinato de aluguel do cantor da banda de metal As I Lay Dying, vamos contar a história completa de como algumas das maiores e mais promissores promessas da música foram tragicamente levadas para o caminho errado.

Ultimate/Ultimate – O vencedor do Oscar Tim Robbins estrela um documentário de comédia que segue várias pessoas apaixonadas que competem para se tornar a próxima grande estrela EDM. Do DJ Sparkle aos irmãos que imitam o Daft Punk, a série explora as nunces divertidas, simpáticas e absurdas das pessoas que são capazes de tudo para perseguir suas paixões musicais.

Generations – Nesta exclusiva série de performance, duas gerações de estrelas do hip-hop se juntam para criar novas versões de suas canções mais notáveis. Cada capítulo da série contará com performance musical, juntamente com segmentos de documentários sobre a experiência.

Public Spaces – Cada espisódio caracteriza uma performance em um dos grandes espaços públicos do mundo. Quer se trate de Macklemore na Union Square, ou A$AP Rocky no Portão de Brandemburgo, esta série irá redefinir a música para as massas.

Flash Frame – A série é o rejuvenescimento do formato de vídeo musical do Spotify. Uma vez por mês, um artista renomado vai se apresentar na sede do Spotify em Nova Iorque. O show será capturado em vídeo, com direito a efeitos visuais e intercalados com uma das faixas executadas para construir uma narrativa em torno do tema da canção. Diretores de videoclipes, animadores e outros profissionais de criação ajudarão a elaborar cada episódio.

Focus On – É uma série de desempenho orientado a dados que vive na intersecção de música, cultura e Spotify. O Spotify irá identificar uma banda popular em um mercado-chave, e fazê-los tocar um show exclusivo para fãs por meio de dados do Spotify. Além da performance, cada um dos cinco episódios apresenta perfis dos fãs e da cultura musical de locais do mundo inteiro.