windows logo

As permissões de administrador são a principal razão que levam a que o malware e os vírus se propaguem de forma tão simples no Windows.

Publicidade

Caso estas permissões não estivessem presentes e acessíveis, 82% das falhas que afectaram o Office e o Windows 10 não teriam acontecido. No caso do Edge e do Office 2016 esse número teria subido para 100% caso estas permissões especiais não estivessem presentes.

A análise deste relatório mostra também que 85% das vulnerabilidades que levavam à execução de código arbitrário tiveram também origem no excesso de permissões de administrador que os utilizadores tinham.

Leia o artigo completo em: http://pplware.sapo.pt/microsoft/windows/o-windows-seria-mais-seguro-sem-permissoes-de-administrador/

Fonte: pplware