Facebook quer dar dinheiro por seus dados pessoais
Facebook quer dar dinheiro por seus dados pessoais

Lançado hoje o novo aplicativo Study, Facebook quer dar dinheiro por seus dados pessoais. Apenas disponível no Android e relatado pelo TechCrunch. O aplicativo é a tentativa do Facebook de ser menos assustador sobre a coleta de dados de participantes de pesquisas.

O aplicativo Study avisará que o Facebook saberá quais aplicativos estão instalados em seu telefone, por quanto tempo você usa esses aplicativos e os nomes dos recursos usados em outros aplicativos. O Facebook também saberá o país em que você está, em que dispositivo você usa o aplicativo Study e o tipo de rede que navega.

Publicidade

O Facebook planeja recrutar adultos com 18 anos ou mais nos EUA e na Índia por meio de anúncios. A rede social exibirá os anúncios em seu próprio aplicativo e outros para aqueles que usam ou não o Facebook. Participantes de outros países poderão ser recrutados no futuro.

Ao clicar no anúncio, você será levado ao site da Applause. Applause é o parceiro de operações de pesquisa do Facebook para o aplicativo Study from Facebook. A partir daí, o site irá informá-lo sobre a parceria no Facebook e quais dados você entregará ao Facebook, que compensação receberá e como poderá sair do aplicativo.

Facebook quer dar dinheiro por seus dados pessoais

Você precisará de uma conta do PayPal, com o Facebook cruzando a idade em seu perfil do Facebook para ver se ele corresponde à idade que você digita. Não há acordo de não divulgação (NDA) para assinar, então você pode falar publicamente sobre o Study como você deseja. O Facebook não irá coletar IDs de usuários ou senhas por meio do Study.

Qualquer pessoa pode fazer o download do Study na Google Play Store, mas somente aqueles aprovados pela equipe do Applause poderão fazer login e usá-lo. Você será notificado periodicamente da venda de seus dados para o Facebook e poderá recusar a qualquer momento novas coletas.

Dinheiro e privacidade
Se você optar por permanecer, o Facebook irá compensar você pelos dados que você gerou. O Facebook não disse quanto vai compensar os participantes, apesar de sua agora extinta iniciativa Atlas do Projeto ter distribuído até US$ 20 por mês.

Facebook quer dar dinheiro por seus dados pessoais

O Facebook não irá coletar IDs de usuários ou senhas por meio do aplicativo

O Facebook informa que não irá coletar IDs de usuário, senhas ou conteúdo que você compartilhe com outras pessoas. Além disso, o Facebook não venderá dados do aplicativo Study para entidades de terceiros nem usará os dados para exibir anúncios segmentados.

Por um lado, o aplicativo Study pode levar o Facebook a incorporar novos recursos em seus aplicativos, como compartilhamento de tela ou um bate-papo por vídeo em grupo expandido. Study adiciona força principalmente pra políticos, preocupados com privacidade e coleta de dados do Facebook.

No geral, o Study chega em um momento estranho para o Facebook. A rede social está enfrentando pressões dos órgãos reguladores antitruste e ainda está sentindo os efeitos do escândalo da Cambridge Analytics. Se as pessoas levarão o Facebook a sério e entregarem dados por um preço, isso é algo que só o tempo dirá.

Study from Facebook
Study from Facebook
Developer: Facebook
Price: Free