Telegram sofre ataque DDOS de hackers da China
Telegram sofre ataque DDOS de hackers da China

Se você está tendo problemas de conectividade com o Telegram, isso se deve ao que a empresa descreve como ‘um poderoso ataque DDoS’ (Negação de Serviço Distribuída).

A empresa explicou a situação em um tópico no Twitter:

Atualmente, estamos enfrentando um poderoso ataque DDoS, usuários do Telegram nas Américas e alguns usuários de outros países podem enfrentar problemas de conexão. Um DDoS é um “ataque de negação de serviço distribuído”: seus servidores recebem milhões de solicitações imuteis que os impedem de processar solicitações legítimas.

Publicidade

O servidor está ocupado dizendo para esses falsos usuários que eles vieram para o lugar errado – mas há muitos deles que o servidor não consegue sequer detecta-los. Para gerar essas solicitações inúteis, os bandidos usam “botnets” vindos de computadores de usuários ​​que foram infectados com algum malware. Isso faz um DDoS semelhante ao apocalipse zumbi.

Telegram sofre ataque DDOS de hackers da China

Há um lado positivo: todas essas solicitações estão lá apenas para sobrecarregar os servidores com trabalho extra – eles não podem ter acesso aos seus dados, eles estão seguros. Embora a conta oficial do Twitter da Telegram não diga nada sobre a origem suspeita do ataque, o fundador e CEO, Pavel Durov, deixou bem claro que acredita que o governo chinês é o responsável.

Atualmente, há protestos prolongados em Hong Kong sobre uma nova lei que permitiria a extradição de residentes para a China continental, com muitos temendo que isso fosse usado pelo governo para silenciar ou punir os críticos do governo chinês. Os manifestantes estão usando uma variedade de aplicativos de mensagens seguras para coordenar suas ações, mas o Telegram parece ser o aplicativo escolhido pelos organizadores de protestos em todo o mundo.

Telegram
Telegram
Developer: Telegram FZ-LLC
Price: Free