Microsoft eliminará o Flash no Microsoft Edge
Microsoft eliminará o Flash no Microsoft Edge

Microsoft eliminará o Flash no Microsoft Edge. Como esperado, o Flash será desabilitado por padrão no Edge a partir de dezembro de 2020. As versões do Flash lançadas antes de junho de 2020 serão totalmente bloqueadas.

Pessoas que usam a versão pré-Chromium do Edge e do Internet Explorer 11 também não receberão atualizações de segurança do Flash da Microsoft.

Publicidade

Se você quiser que o Flash desapareça definitivamente, também terá acesso a uma ferramenta que remove o Flash como um componente do Windows.

O recurso estará disponível em breve como uma atualização recomendada. Microsoft informou que esta será uma atualização “permanente” do Windows e não haverá como voltar atrás.

Já no início de 2021, a Microsoft removerá as estruturas de desenvolvedor relacionadas ao Flash, políticas de grupo, interfaces de usuário do Edge e Internet Explorer 11 por meio de atualizações cumulativas em várias versões do Windows, incluindo Windows 10 e 8.1.

Os clientes corporativos que precisam do Flash ainda terão opções. O Edge permitirá que o Flash seja executado como um plug-in no modo Internet Explorer. No entanto, você deixará de usar o código Flash fornecido pela Microsoft e não terá o suporte da Microsoft como resultado.

Microsoft não tem muita escolha sobre o corte no final de 2020. O Google está removendo o suporte a Flash do Chromium. Adobe acrescentou que dirá às pessoas para desinstalar o Flash bem antes que essa mudança aconteça.

Mesmo assim, é bom saber quando a Microsoft vai abandonar a tecnologia na web – e você provavelmente não vai perder nada, devido à sua obsolescência e problemas de segurança.